Tudo sobre a Taxa Consular

Uma das etapas para tirar seu visto americano é o pagamento da taxa consular, a MRV.  Saiba mais abaixo!

Mas o que é MRV?

O MRV é a taxa obrigatória de Solicitação de Visto Americano a todos que desejam tirar o visto americano de Não Imigrante, inclusive crianças e idosos. 

Como pagar? 

A primeira etapa é criar uma conta no sistema do Consulado Americano. Mas antes de tudo, é necessário ter preenchido o Formulário DS-160 que é o documento Oficial do Consulado dos Estados Unidos, acesse aqui para saber como preencher o DS-160. 

  1. Acesse o site do sistema do Consulado Americano e clique em “INICIE SUA SOLICITAÇÃO”;

2. Na próxima página, selecione a melhor opção para você. Normalmente é “COMPLETEI O FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO PARA O VISTO AMERICANO DE NÃO IMIGRANTE (DS-160) E PRECISO SOLICITAR O VISTO”, clique em CONTINUAR.

3. Faça um cadastro com alguns dados (nome, sobrenome, email e senha);

4. Após ter criado seu login e senha, você receberá um e-mail do Consulado Americano para confirmar seu cadastro, clique no link fornecido para ativar sua conta.

OBS: o e-mail pode demorar um pouco para chegar na sua caixa de entrada.

5. Assim que clicar no link para ativar a sua conta, você poderá começar a inclusão de solicitantes (caso viaje com outras pessoas) e agendamento da entrevista.

6. Preencha as informações solicitadas (nome, sobrenome, passaporte, país de nascimento, número do Formulário DS-160, tipo de visto, telefone, e-mail, etc) e se viajar acompanhado(a), clique em “CRIAR SOLICITANTE”;

7. Insira todas as informações solicitadas de seus acompanhantes, caso tenha e passe para a próxima etapa;

8. Selecione o método de entrega do seu passaporte com o visto: retirar no CASV ou entregar no endereço residencial ou comercial;

9. Escolha a forma de pagamento do MRV (taxa do visto americano);*

10. Depois de confirmado o pagamento da taxa MRV, você poderá realizar o agendamento para o CASV (entregar seus documentos, tirar foto e colher digitais) e para a entrevista.

11. Imprima a confirmação de pagamento da Taxa Consular do Visto Americano e a confirmação de seu agendamento para o CASV e entrevista no Consulado/Embaixada. 

Pronto, agora é só comparecer no dia e horário marcado com os documentos necessários. 

*A taxa do visto americano poderá ser paga através da emissão de um boleto (aceito em todas as agências bancárias e/ou lotéricas) ou também via cartão de crédito internacional.

Se optar pelo pagamento da taxa via boleto, pode levar até 2 dias úteis para ser compensado no sistema do Consulado Americano.

Optando pelo pagamento via cartão de crédito, os agendamentos são liberados na hora, tanto o agendamento do CASV quanto o agendamento do Consulado Americano.

Importante: o valor da taxa consular MRV varia de acordo com o tipo visto. Por exemplo, para o visto B1/B2  (turismo) a taxa atualmente é de US$160,00 (cento e sessenta dólares) por solicitante. Para o visto de estudante além do pagamento da taxa MRV (de US$160), também é necessário o pagamento da taxa SEVIS (Student and Exchange Visitor Information System), que dependendo do visto de estudante aplicado pode ser até US$ 350,00 (trezentos e cinquenta dólares) por solicitante.

O boleto já será emitido com o valor convertido em Reais, bem como o pagamento via cartão de crédito.

O Consulado americano não reembolsará o valor da taxa caso o Visto Americano seja negado e também se você errar o tipo de visto. Por isso, tenha certeza do tipo de visto que quer solicitar antes de gerar e pagar a taxa consular.

Dúvidas? Entre em contato com a YouVisa para maiores informações ou Solicite um orçamento para seu visto americano de turista aqui. 

Acompanhe a YouVisa:

No Instagram || No Facebook || No Twitter || No Site

Como Renovar o Visto Americano

Você sabia que é possível não passar pela entrevista no consulado para renovar seu visto americano? Saiba tudo a seguir!

Sim, você leu certo, pessoas que têm um visto válido ou que tenha vencido em menos de 12 meses podem ser qualificadas para renovar seu visto para os Estados Unidos sem a necessidade de passar pela entrevista no consulado ou embaixada americana. 

Você deve estar se perguntando como faz para renovar o visto americano, certo? É bem fácil, mas primeiro você precisa se enquadrar em alguns critérios como, ter um visto válido ou que tenha vencido em menos de 12 meses, ser brasileiro, residir no Brasil, não ter tido um visto negado e seu visto se encaixar em uma das categorias abaixo1

  • B1/B2 – Negócios, turismo e/ou tratamento médico
  • C1/D – Trânsito/Tripulante
  • F – Estudante
  • M – Estudante de curso Vocacional

1Lembrando que a renovação tem que ser para o MESMO tipo de visto tirado anteriormente, por exemplo, se você tem um visto de turismo, você só pode renovar para o de turismo. Se você alterar a categoria do visto, não listada acima, não se enquadra como renovação e sim como um novo pedido de visto.

Se você se encaixou em todos os critérios acima, agora vamos ao passo-a-passo para renovar seu visto americano. 

  1. Preencher o Formulário DS-160; Saiba mais sobre o Formulário DS-160 aqui.
  2. Criar sua conta no Sistema de Agendamento do Consulado Americano. Para criar, acesse aqui.
  3. Pagar a taxa do visto americano (MRV) no valor de US$1602; (se optar pelo pagamento por Boleto, pode demorar até 5 dias úteis para liberar a data para o agendamento).
  4. Agendar para entregar os documentos através do Sistema de Agendamento do Consulado Americano;
  5. Ir ao CASV de sua escolha para tirar a foto e entregar os documentos necessários (passaporte, confirmação do Formulário DS-160 e confirmação do agendamento)
  6. Entrega/Retirada de Passaporte com o Visto impresso: o CASV pode levar até 10 dias úteis para entregar seus documentos no endereço escolhido por você ou se preferir retirar no CASV, pode levar menos dias.

OBS: Se escolher para retirar o passaporte com seu visto americano no CASV, escolha a opção “RETIRAR NO CASV” no dia que for realizar o agendamento.

2o valor da taxa pode sofrer alterações, este valor é referente ao ano de 2021. Você pode ver os valores atualizados no site da embaixada.

CASV Unidades:

Pronto, agora você pode ter seu visto americano por mais 10 anos!

Atenção!: em todos os casos, o Oficial Consular reserva-se ao direito de solicitar uma entrevista com qualquer solicitante de visto, caso julgue necessário.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato agora mesmo com um Especialista de Visto da YouVisa aqui.

Se quiser renovar seu visto americano com a YouVisa, faça um orçamento agora mesmo sem compromisso clicando aqui.

Acompanhe a YouVisa:

No Instagram || No Facebook || No Twitter || No Site

Dúvidas Frequentes sobre o Visto Americano

Sabemos que há muitas dúvidas sobre o Visto Americano, por isso resolvemos selecionar as mais frequentes sobre o Visto Americano.

  1. Quem precisa tirar visto?

Todos cidadãos brasileiros precisam de visto para entrar nos EUA, inclusive crianças, mesmo que seja em trânsito (conexão) nos aeroportos do País. 

Exceções: caso você tenha dupla cidadania e/ou possui um passaporte de um desses países (Andorra, Austrália, Áustria, Bélgica, Brunei, República Tcheca, Estônia, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Japão, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Mônaco, Holanda, Noruega, Nova Zelândia, Portugal, Coréia do Sul, San Marino, Cingapura, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suíça, Suécia e Reino Unido) poderá não precisar tirar o visto americano para viagens/turismo, negócios ou trânsito, se seu passaporte atender aos requisitos exigidos pelo governo americano. 

Para passaportes da União Europeia: é possível não precisar tirar visto, como citado acima, porém vai depender do motivo da viagem, da data em que o passaporte foi emitido/renovado e da nacionalidade do seu passaporte. Normalmente, os portadores de passaportes de países participantes do Programa de Isenção de Vistos não necessitam de um visto para viagens a negócios ou turismo para os EUA por menos de 90 dias, desde que seus passaportes atuais possuam código de barras, possibilitando leitura óptica e estejam dentro das demais normas exigidas pelo governo americano. Se seu passaporte não permitir a leitura óptica, você poderá entrar nos EUA somente se tiver um visto válido. Se o motivo da viagem for estudar ou trabalhar temporariamente nos EUA, serão sempre necessários vistos específicos para desempenhar tais funções. 

OBS: se você já teve um visto negado em passaporte brasileiro e não solicitou a emissão de nenhum visto após a negativa, mesmo que possua um passaporte da União Européia, você deverá solicitar um visto de não imigrante.

No caso de você fazer apenas conexão nos EUA (trânsito) é necessário tirar um visto específico para isto. Acesse essa página para saber maiores informações sobre o visto de trânsito (C-1). 

2. Como tirar o Visto Americano

Fizemos um post explicando etapa por etapa. Acesse nosso post aqui.

3 . Quanto custa tirar o Visto Americano

Para cada solicitação de visto é cobrada uma taxa (a MRV), em reias, não-reembolsável.

Confira aqui os valores das taxas de todas as categorias de vistos. 

O valor para o visto de Turismo (B-2) é de US$160 (em torno de R$896,00*) e a taxa pode ser paga com cartão de crédito através do site de agendamento para entrevista e/ou boleto bancário através de qualquer banco.

Para pagamentos em boletos, acesse o site de agendamento para entrevista, faça um cadastro e solicite o pagamento através de boleto. 

Taxas Adicionais: no visto B-2 não há taxas adicionais, no entanto para outras categorias de vistos (acesse aqui para saber mais) existem taxas extras, baseadas na reciprocidade entre o Brasil e os Estados Unidos. Estas taxas devem ser pagas imediatamente após o término da entrevista de visto, caso o mesmo seja aprovado, no caixa da Seção Consular, e podem ser pagas em espécie (dólar ou real) ou com os principais cartões de crédito internacionais.

Passaportes da União Europeia: se você tem passaporte Europeu é preciso preencher o ESTA (Sistema Eletrônico de Autorização de Viagem) com no mínimo 72 horas antes da viagem e pagar uma taxa de US$14 (em torno de R$78,40*) com cartão de crédito internacional. 

*OBS: os valores das taxas mencionadas, podem variar e/ou serem alteradas de acordo com o valor do Dólar e a Embaixada.

4. Quais Documentos são necessários para tirar o Visto Americano

O CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) é um centro contratado pelo Governo Americanos para coletar os dados biométricos de todos os solicitantes de visto antes de comparecer na Entrevista no Consulado/Embaixada.

Documentos necessários para levar no CASV: 

  • Passaporte Válido;
  • Passaportes anteriores, principalmente que contenham vistos (antigos) para os Estados Unidos, mesmo que vencidos. 
  • Página de Confirmação de envio do Formulário DS-160 (confira aqui o passo-a-passo para preencher o Formulário DS-160);
  • Recibo original de pagamento da taxa de solicitação de visto. Não serão aceitas cópias autenticadas.

No dia da Entrevista no Consulado/Embaixada, os documentos necessárias são:

  • TODOS os documentos citados acima;
  • Documentos que demonstrem condições financeiras para custear a viagem e retornar ao Brasil e que evidenciem vínculos fortes aqui no Brasil (carteira de trabalho, declaração de imposto de renda pessoa física e jurídica, certidão de casamento/nascimento, comprovante de bens – carro, casa e/ou outra propriedade, qualquer outra renda como aluguel, poupança, etc.).
  • Não é preciso e nem recomendado mostrar as passagens aéreas para a viagem e/ou comprar as passagens.

5. Passaportes e vistos antigos, mudança de nome e vistos perdidos ou roubados  

Visto com nome de solteiro/casado/divorciado (a) e o nome foi alterado: Primeiro, se seu nome foi alterado por qualquer motivo, é preciso tirar um novo passaporte. Feito isso, é recomendado que você solicite um novo visto americano, para facilitar sua viagem aos Estados Unidos. Caso não seja possível obter um novo visto que contenha o mesmo nome do passaporte novo, deverá levar consigo os documentos legais que comprovem a alteração em seu nome e apresentá-los no aeroporto, assim que chegar aos Estados Unidos.

Passaporte com Visto válido que foi roubado/perdido/danificado: para este caso, é necessário solicitar um novo visto em um Consulado/Embaixada dos Estados Unidos. Clique aqui para o passo-a-passo de como tirar um Visto Americano.

No caso de perda e/ou roubo, além de todos os documentos necessários, leve uma cópia do Boletim de Ocorrência policial para a Entrevista e do formulário de passaporte roubado/perdido DS-64

6. Outras Dúvidas

  • É obrigatória a presença física na Entrevista no Consulado/Embaixada, exceto os que se encaixarem aos critérios apresentados na isenção de entrevista, confira a lista aqui.
  • Você pode agendar a Entrevista para até 10 pessoas da mesma família no mesmo horário, porém você terá que preencher um formulário DS-160 e pagar a taxa MRV para cada.
  • Há atendimento preferencial para Idosos, gestantes, pessoas com crianças de colo (menos de dois anos) e pessoas com algum tipo de dificuldade de locomoção ou necessidade especial na Embaixada/Consulado. 
  • Não é necessário e nem recomendado levar um intérprete (tradutor) para a entrevista. 
  • Sobre União Estável: apenas uma relação considerada como casamento legal na jurisdição onde ocorreu, estabelece elegibilidade como cônjuge para fins de imigração.
  • Visto Negado: Você poderá solicitar o visto novamente em qualquer momento, através do agendamento de uma nova entrevista. No entanto, terá que apresentar novos formulários preenchidos e pagar uma nova taxa de solicitação de visto. Inclusive, é interessante optar por esperar até que as circunstâncias de seus vínculos sociais, profissionais, econômicos, e financeiros com o Brasil se modifiquem, já que serão analisados novamente em uma nova entrevista.

Se tiver qualquer dúvida, não deixe de entrar em contato conosco clicando AQUI ou nos envie um e-mail para: contato@youvisa.com.br

Acompanhe a YouVisa:

No Instagram || No Facebook || No Twitter || No Site

Tudo sobre o Formulário DS-160

Aqui você encontra todas as respostas para preencher o Formulário DS-160!

Conhecida como a terra do Mickey e de Kevin McCallister (Esqueceram de Mim), os Estados Unidos são um dos, se não o primeiro país, que todo brasileiro sonha em viajar, afinal quem nunca quis visitar os parques da Disney e ir para NY no Natal?

Para entrar nos Estados Unidos, além de ter um passaporte válido, é necessário tirar o visto de turismo. Em geral, o visto necessário para entrar no país é o Visto B-2, salvo para algumas exceções.

A primeira etapa para tirar o visto de turismo para os Estados Unidos é preencher o formulário DS-160 com muita atenção, pois assim terá maiores chances para ser aprovado.

Preparamos um E-book com o passo-a-passo COMPLETO. Para comprar, acesse aqui.

O que é o formulário DS-160?

O formulário DS-160 consiste em uma sequência de perguntas feitas pelo Governo Americano com o objetivo de conhecer você melhor e entender que você não fique ilegalmente no país. Por isso, lembre-se que ao preencher, seja o mais honesto possível e tenha muita atenção. Se você for aprovado, a próxima etapa é a entrevista no Consulado. 

Como preencher o formulário DS-160? 

Antes de tudo, não esqueça de separar e tenha em mãos todos os documentos pessoais e que confirmem vínculo com o Brasil (ex: extrato bancário, documentos profissionais, etc) e preste muita atenção ao preencher corretamente, pois muitas vezes não lemos direito as perguntas e isso acaba influenciando nas respostas, por isso leia e releia quantas vezes precisar. Mas fique tranquilo, iremos te ajudar em todas as etapas.

Primeiro: acesse o site oficial do formulário DS-160 para começar. O Formulário em si possui 13 etapas, após o preenchimento de todas as informações, será necessário realizar o agendamento da entrevista e pagar a taxa do visto, que é de US$160 dólares. 

As etapas são: 

  1. Inserir suas informações pessoais (dividido em duas partes): como nome, sobrenome, sexo (feminino ou masculino), estado civil e data e lugar de nascimento. 
  2. Informações pessoais parte II: inserir país de origem e CPF;
  3. Inserir informações referentes à sua viagem aos Estados Unidos como propósito da viagem, tipo de visto (turismo, estudos, etc), data aproximada, quantidade de dias que irá ficar em solo americano e quem irá arcar com os custos da sua viagem.
  4. Acompanhantes ou se irá viajar sozinho: incluir todos acompanhantes, caso tenha;
  5. Informar se você já viajou para os Estados Unidos ou se é sua primeira vez: se já tirou visto alguma vez ou não e caso já tenha visitado o país, informar as últimas 5 viagens;
  6. Inserir dados sobre sua vida aqui no Brasil como: endereço completo de residência, e-mail, telefone e suas mídias sociais (linkedin, instagram, facebook, etc);
  7. Informações sobre seu passaporte: número, data de emissão, vencimento, cidade e estados em que foi emitido;
  8. Informar se há algum contato (parente, amigo, empregador, etc) e endereço onde irá se hospedar nos Estados Unidos;
  9. Informações de parentesco (pai, mãe, cônjuge, etc);
  10. Inserir informações sobre sua educação (escolaridade) e profissional (emprego atual e/ou anterior);
  11. Perguntas de segurança, que são divididas em 5 partes: por mais “absurdas” que sejam, visam proteger os Estados Unidos e que se um dia você praticar algum desses atos, pode vir contra você;
  12.  Revisar todas as respostas inseridas com MUITA atenção, assinar digitalmente e enviar;
  13. Confirmação: imprimir a página de confirmação para levar no dia da sua Entrevista na Embaixada/Consulado Americano;

Dica: Se sua viagem for de intercâmbio ou outro propósito, acesse o site da embaixada dos Estados Unidos para verificar o tipo de visto e código necessário ou fale com um especialista de visto da YouVisa clicando aqui.

2 Desde maio de 2019, o governo americano inseriu no Formulário DS-160 um campo para as mídias sociais, a fim de saber como as pessoas enxergam os Estados Unidos.

Após preencher o Formulário DS-160, os próximos passos são o agendamento da entrevista e pagamento da taxa do visto. Para agendar a entrevista, acesse o site aqui

A taxa pode ser paga através de cartão de crédito internacional ou boleto (aceito em qualquer agência bancária, lotérica ou online).

Assim que o pagamento da taxa for confirmado, poderá agendar online a coleta de dados (fotos e impressões digitais) em um dos CASV e sua entrevista presencial em uma das embaixadas/consulados presentes em cinco cidades (Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Recife). Imprima a confirmação de seu agendamento para apresentar no dia da entrevista.

OBS: o CASV de Belo Horizonte fechou.

No dia da entrevista, não esqueça de levar todos os documentos solicitados: passaporte, confirmação do agendamento da entrevista e confirmação do preenchimento do formulário DS-160. 

Pronto, agora você sabe o passo-a-passo para preencher o Formulário DS-160, caso precise de ajuda ou assistência na hora de preencher o Formulário DS-160, nós da YouVisa fazemos isso por você. Entre em contato conosco clicando AQUI ou envie um e-mail para: contato@youvisa.com.br 

Acompanhe a YouVisa:

No Instagram || No Facebook || No Twitter || No Site

Como tirar o Visto Americano de Turismo

Como conseguir o visto americano? Separamos todos os passos que você precisa fazer para conseguir entrar na terra adorada pelos brasileiros.

As duas perguntas mais frequentes que vêm à nossa mente quando pensamos em viajar pela primeira vez para o EUA são: como conseguir entrar nos Estados Unidos e qual é o primeiro passo para fazer uma viagem para os Estados Unidos.

Respondendo a primeira pergunta, para conseguir entrar nos Estados Unidos é preciso tirar o visto americano de turismo. Quando se fala no visto americano, já começamos a tremer pois automaticamente vem em nossa mente a imagem da tão temida entrevista no Consulado e/ou Embaixada e do visto ser negado, né?

Mas calma, não é nada do outro mundo não! Por isso separamos todas as etapas que você precisa seguir para tirar o visto e enfrentar a entrevista de forma mais leve.

  1. É preciso ter um passaporte válido. Ele é indispensável para poder tirar seu visto americano de turismo. Se quiser como tirar seu passaporte clique aqui.
  2. Preencher o Formulário DS-160. Mas o que é o Formulário DS-160? Basicamente são perguntas feitas pelo Governo Americano com o objetivo de conhecer você melhor e entender que você não fique ilegalmente no país. Para saber como preencher o Formulário DS-160, confira nosso passo-a-passo aqui. 
  3. Fazer o pagamento da Taxa Consular. O valor é de US$160* (convertidos em reais na cotação do dia). 
  4. Realizar os agendamentos (CASV e entrevista presencial na embaixada ou consulado americano).
  5. Ir ao CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) da sua escolha para colher suas digitais e foto.
  6. Ir à entrevista presencial no Consulado ou Embaixada Americana da sua escolha com todos os documentos necessários.
  7. Retirar o passaporte com seu visto americano de turismo. Logo após a entrevista, seu passaporte irá ficar retido no Consulado/Embaixada para a colagem do visto e depois entregue no prazo estipulado, que normalmente é de até 10 dias úteis.

*o valor da taxa pode sofrer alterações, este valor é referente ao ano de 2021. Você pode ver os valores atualizados no site da embaixada.

Documentos obrigatórios para levar no dia da Entrevista:

  • Página de confirmação do Formulário DS-160;
  • Comprovante de pagamento da taxa consular;
  • Página de confirmação do agendamento;
  • Passaporte válido;
  • Qualquer outro passaporte antigo com o visto (para quem já solicitou visto antes e está renovando);

Documentos complementares

É aconselhado levar no dia da Entrevista no Consulado ou Embaixada Americana para conseguir seu visto americano de turismo alguns documentos que deem suporte às informações que você preencheu no Formulário DS-160. Apesar de não serem obrigatórios, esses documentos podem ser pedidos pelo Oficial Consular a fim de comprovar o que foi respondido no Formulário DS-160. 

Normalmente esses documentos são: 

  • Recursos suficientes que comprovem a sua permanência em sua viagem aos Estados Unidos, como por exemplo, extratos bancários. 
  • Comprovantes de residência no Brasil;
  • Comprovantes de vínculo profissional no Brasil;
  • Comprovantes de vínculo familiar no Brasil;
  • Comprovantes de vínculo de propriedade no Brasil;

OBS: leve tudo que comprove que você não tem a intenção de ficar permanentemente nos Estados Unidos.

Importante: mesmo fazendo tudo certinho, é reservado o direito do Consulado Americano negar o direito de você ter o visto.

Precisa de ajuda para conseguir seu visto americano de turismo? Nós da YOUVISA te ajudamos com todo o processo de forma simples, fácil e totalmente on-line.

Entre em contato conosco através do e-mail.

Se você gostou desse tipo de informação, deixe seu comentário, sua opinião é muito importante para nós!

Acompanhe a YouVisa:

No Instagram || No Facebook || No Twitter || No Site

Como tirar seu passaporte

Separamos um passo-a-passo com TUDO que você precisa saber para tirar seu passaporte brasileiro em 2021!

O passaporte é o documento oficial de viagem emitido pela Polícia Federal que permite você viajar para outros países. Tirar ele significa que você está mais próximo em realizar uma viagem internacional.

É super fácil, rápido e a primeira etapa é feita totalmente online!

Em alguns países, inclusive é possível entrar apenas com o Passaporte, dispensando o visto, como grande parte da Europa, contudo em outros é necessário tirar o visto, como por exemplo os Estados Unidos e o Canadá.

Agora vamos ao passo-a-passo de como tirar seu passaporte. 

  1. Separe todos os documentos necessários ORIGINAIS ou segunda via para tirar seu passaporte, você vai precisar de:
  • Documento de identificação (confira mais abaixo todos os documentos de identificação aceitos)*,
  • Passaporte anterior (quando houver)**,
  • CPF;
  • Comprovante de pagamento da GRU (Guia de Recolhimento da União);
  • Uma foto 5×7 colorida, impressa, sem data, recente e em fundo branco (SOMENTE para menores de 5 anos);
  • Certidão de nascimento, casamento e/ou outras: obrigatório apenas para quem já teve seu nome alterado por casamento, divórcio ou decisão judicial, e que ainda não declarou a alteração na emissão do passaporte anterior. E para crianças menores de 12 anos que ainda não tenham outro documento de identidade;
  • Título de Eleitor e documento de quitação com o Serviço Militar: desde Dez/2017, a consulta da situação eleitoral e do serviço militar é feita online no momento do atendimento. Entretanto, caso a sua situação se encontre irregular ou houver alguma divergência de dados, os documentos de quitação com o serviço militar e a justiça eleitoral poderão ser solicitados na hora do atendimento presencial. Acesse o site do TSE e do STM e confira sua situação por via das dúvidas.
  • Para menores de 18 anos, é necessário levar autorização de ambos os pais ou do responsável legal. Clique aqui para saber mais sobre a autorização (acesse o site, busque por “Autorização para menor” e clique no texto em azul).

* Documentos de Identificação aceitos (necessário apenas UM deles):

  • Carteira de Identidade expedida por Secretaria de Segurança Pública de qualquer estado (UF), ou por Comando Militar, Ex-Ministério Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, ou por órgão fiscalizador do exercício de profissão regulamentada por lei (OAB, CRM, CREA etc);
  • Carteira funcional expedida por órgão público, DESDE QUE reconhecida por Lei Federal como documento de identidade válido em todo território nacional; ou
  • Carteira Nacional de Habilitação ― CNH ainda que vencida, expedida pelo DETRAN, DESDE QUE acompanhada de outro documento original que comprove local de nascimento; ou
  • Passaporte brasileiro ainda que vencido, emitido pela Polícia Federal ou pelo Ministério das Relações Exteriores; ou
  • Carteira de identidade do indígena; ou
  • Declaração da FUNAI que ateste a veracidade dos dados pessoais de indígena não integrado; ou
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social ― CTPS; ou
  • Documento de identificação digital DESDE QUE reconhecido por Lei Federal como válido em todo território nacional. Atualmente, CNH e DNI podem ser aceitos nesta modalidade.
  • Exclusivamente no caso do solicitante menor de 12 anos, a certidão de nascimento é aceita como documento de identificação.

ATENÇÃO: não serão aceitos cópias de documentos, mesmo autenticadas.

** É importante ressaltar que caso você esqueça o seu passaporte anterior válido, poderá pagar uma multa.

2.  Acesse aqui o site da Polícia Federal e preencha o formulário com seus dados: ao todo são 4 etapas para preencher. 

  • A primeira diz respeito aos seus dados pessoais como nome completo, sexo, data e local nascimento, estado civil, entre outros. 
  • Clicando em “Documentos” logo ao lado de “Dados Pessoais”, insira aqui os dados dos seus documentos como RG, CPF, Certidão de Nascimento para menores de 12 anos e/ou Certidão de Casamento para aqueles que são casados e por último inserir os dados do passaporte anterior para quem já teve, se é a sua primeira vez, em “situação” selecione “NUNCA TEVE PASSAPORTE COMUM…”
  • Clicando em “Dados Complementares” logo ao lado de “Documentos”, insira aqui sua profissão, e-mail e seu endereço. Caso esteja preenchendo para um menor de 18 anos, irá aparecer um campo “Autorização de Viagem para Menor” como mostrado abaixo, onde será necessário assinalar uma das três opções apresentadas. 
  • Na última etapa: “Revisar Dados”, revise TODOS os dados inseridos com muita atenção, assinale a declaração e clique em ENVIAR.

Precisa de ajuda? Fale agora com um Especialista da Youvisa.

3.  Pagamento da GRU (taxa de emissão do Passaporte): logo após o preenchimento do formulário para tirar seu passaporte online, o site vai emitir automaticamente a GRU para fazer o pagamento através de Boleto. O valor da taxa é de R$257,25 para passaportes comuns e R$334,42 para casos de urgência e emergência. O pagamento pode levar até 3 dias úteis para ser confirmado e pode ser pago em qualquer banco, lotérica ou aplicativo. 
Lembre-se de respeitar a data de vencimento do boleto, mas caso passe a data de vencimento você poderá gerar um novo boleto acessando aqui.

4.  Agendamento: após a confirmação de pagamento da GRU, você poderá agendar o atendimento presencial para entregar os documentos listados acima e o comprovante de pagamento da GRU. Escolha a unidade mais próxima e a data e horário mais apropriado.

Atenção: a unidade escolhida do agendamento será a mesma que você irá retirar seu passaporte pronto. Além disso, você terá um prazo de 90 dias para retirar seu passaporte, se o prazo passar, o passaporte será cancelado. 

Para agendar, reagendar, consultar ou cancelar seu atendimento, clique nos respectivos nomes. 

5.  Atendimento Presencial: após todo o processo de tirar seu passaporte online, agora chegou a parte presencial, compareça na data, horário e unidade escolhidos para apresentar todos os documentos necessários (originais) e colher suas impressões digitais e foto. O prazo de entrega do seu passaporte é informado pelo posto (normalmente leva em torno de 6 dias úteis). 

6.  Retire seu Passaporte: o passaporte é entregue presencialmente e somente ao titular (obrigatório levar documento de identificação com foto para comprovar) na mesma unidade de atendimento escolhida anteriormente. 

OBS: Menores de 16 anos precisam estar acompanhados por um responsável legal. Menores de 12 anos não precisam comparecer à entrega do passaporte, apenas seu responsável legal, lembrando que o responsável legal deverá apresentar a certidão de nascimento ou algum documento de identificação do menor e também um documento de identificação que comprove que ele é o responsável legal do menor. 

Ficou alguma dúvida? Entre em contato agora com um Especialista acessando aqui ou agende uma horário aqui.

Outras Informações: 

Validade do passaporte comum para menores de 18 anos: 

Para maiores de 18 anos completos, a validade é de 10 anos. 

Para passaportes de Emergência, a validade máxima é de 1 ano. 

Solicite um orçamento para tirar seu visto ou passaporte de forma prática, rápida e online clicando aqui. 

Se você gostou desse tipo de informação, deixe seu comentário, sua opinião é muito importante para nós!

Acompanhe a YouVisa:

No Instagram || No Facebook || No Twitter || No Site

Visto Para o High School Americano

Separamos as principais informações para quem pretende fazer o ensino médio nos EUA e precisa tirar o visto de Estudos

Para muitos que pretendem realizar o ensino médio nos Estados Unidos, o visto é mais uma etapa dentro desse grande preparativo que é estudar e viver o sonho americano.

Em meio aos preparativos, sempre surge a dúvida: O que posso fazer com meu visto americano de estudante de High School? Vou poder sair do país quando tiver férias?

Para o programa de high school americano, existem dois tipos de visto: o F1 e o J1. Um específico para o high school privado e outro para o high school público.

Quais as diferenças entre os vistos americanos F1 e J1?

O Visto F1, é um visto acadêmico, destinado para quem pretende estudar por mais tempo e para quem irá realizar o high school privado.

Já o Visto J1, é destinado para quem realizará o intercâmbio de high school público, é um programa voltado para a parte cultural e que geralmente é limitado a apenas 1 ano no país.

Importante saber que o Visto J1 é apenas para fins de estudo e desenvolvimento cultural, não é permitido trabalhar com este tipo de visto.

O que o visto de estudante permite fazer nos Estados Unidos?

Durante o high school a permissão é apenas de estudo como o próprio nome ja diz. Mas surgem algumas dúvidas quanto a possibilidade de viajar durante o período que estiver lá.

Muitos pais, tios e família querem matar a saudade dos intercambistas durante as férias escolares ou os próprios estudantes querem viajar para conhecer novos lugares durante as férias mas não sabem se podem ou não.

A resposta para essa dúvida é: SIM, você pode viajar. Mas existem alguns pontos importantes para realizar essas viagens.

Para os alunos do High School nos Estados Unidos, são permitidas viagens nacionais ou internacionais apenas com o acompanhamento da escola, da host family ou a própria familia (do país de origem) viajar com eles. Em casos que a familia queira viajar com o estudante é necessário ter a autorização da host family ou da instituição de ensino que está recebendo o aluno, mas sempre recomendamos verificar também com a agência de intercâmbio para validar a solicitação.

Para os que gostariam de realizar viagens internacionais, o país de destino pode exigir visto e outros documentos específicos para a entrada, que devem ser verificados pelo estudante antes do embarque. Caso precise, a YouVisa pode te ajudar a aplicar o seu visto para o país que precisa.

Como solicito meu visto para o High School nos Estados Unidos?

YouVisa oferece todo o suporte necessário desde as dúvidas antes de realizar a matrícula até a solicitação do visto para o ensino médio nos Estados Unidos, nossa recomendação é de que o documento seja solicitado entre 60 e 120 dias antes do início das aulas.

Para solicitar o visto é necessário ter o I-20 (ou DS2019, dependendo do caso), taxa SEVIS, carta de aceitação da escola e documentos que comprovem a situação social e econômica dos responsáveis no Brasil, como imposto de renda, extratos bancários, comprovantes de bens e vínculos empregatícios.

Nossos especialistas sempre orientam sobre o que levar para o dia da entrevista e o que é importante saber para não estar despreparado.

Para comprovação financeira, no geral, deve ter disponível US$ 16 mil para cursos a partir um ano e US$ 8 mil para cursos de um semestre acadêmico (o valor sempre será proporcional ao período do curso nos Estados Unidos).

O valor é uma exigência do governo americano para que as escolas possam conceder a documentação para o visto de estudante.

Agora que ficou mais claro como se preparar e tirar o seu visto para o high school é só aproveitar e embarcar nesse grande sonho.

YouVisa possui especialistas de visto que ajudam nesse processo que pode parecer burocrático. Deixamos tudo mais fácil e prático para você aproveitar seu tempo com o seu planejamento e intercâmbio. Para começar agora clique aqui.

Qualquer dúvida estamos disponíveis para te ajudar a realizar esse sonho.

Deixe seu comentário sobre este post, adoremos ler e trazer cada vez mais informações relevantes para os viajantes do mundo.

Acompanhe a YouVisa:

No Instagram || No Facebook || No Twitter || No Site

Visto de estudos para Austrália, entenda

Muito se fala sobre o visto de estudos mas pouco se sabe, separamos aqui alguns pontos importantes.

Sabemos o quanto é difícil encontrar informação de qualidade hoje em dia, principalmente para quando vamos viajar e precisamos tirar nosso visto.

Na YOUVISA sabemos da importância dessas informações e por isso separamos aqui alguns pontos importantes para você que busca aplicar ou entender mais sobre o visto de estudos para a Austrália.

Já com o seu curso garantido, antes de comprar passagens, acomodação e hotel, é preciso entender qual o objetivo principal da viagem e qual visto é o ideal para o seu objetivo. No caso da Austrália, existem mais de 120 tipos de vistos mas hoje iremos falar de um, o visto de estudo. O visto de estudos é ideal para quem tem o interesse de realizar um intercâmbio de longa duração na Austrália para cursos de Línguas, Cursos Técnicos ou Universidades. É um tipo de visto que abre muitas concessões para aqueles que irão permanecer no país por um bom tempo.

O procedimento de aplicação é um pouco detalhado e precisa de alguns itens antes de aplicar:

  • Seguro saúde
  • Certificado de matrícula na instituição que irá estudar (COE)
  • Passaporte

Após ter estes documentos partimos para a aplicação do visto e pra te ajudar separamos aqui o que é importante para uma aplicação do visto no qual o oficial irá avaliar:

  • Documentos Profissionais
  • Documentos Acadêmicos
  • Documentos para comprovação familiar
  • Documentos para comprovação financeira
  • Carta de intenção falando sobre o seu projeto
  • Cartão de crédito internacional ou cartão pré pago internacional (visa travel money). Esse cartão será utilizado para o pagamento da taxa consular

Com isso já consegue ter os documentos necessários e para quando for aplicar o visto no sistema da embaixada já temos tudo em mãos. Claro que isso varia de pessoa para pessoa, mas para te ajudar separamos 3 dicas:

  1. Temos um ebook explicando nos mínimos detalhes sobre o processo de visto de estudos para a Austrália.
  2. Você consegue uma análise do seu perfil gratuito e feito por um especialista de visto da YouVisa clicando AQUI.
  3. Se ainda está com medo ou dúvida sobre o processo de visto, conte com a YouVisa, a gente fica super feliz em poder ajudar os sonhos de quem quer estudar em outro país.

Dica Bônus: Importante saber que o agente da embaixada irá analisar todas as suas informações apresentadas. Além disso, caso ache necessário o agente da embaixada poderá entrar em contato com você (aplicante), familiares, pessoas do trabalho, para confirmar ou esclarecer alguma informação que não tenha ficado tão claro para ele. Por isso é importante se preparar para caso isso aconteça, a dica é deixar todos avisados.

Agora você já possui mais conhecimento sobre o visto de estudos para a Austrália. Incentivamos você a deixar o seu comentário sobre esse artigo e o que você gostaria de saber mais sobre visto, viagem ou curiosidades do mundo, sua opinião é importante para nós.

Acompanhe a YouVisa:

No Instagram || No Facebook || No Twitter || No Site

Como organizar sua viagem com antecedência

Para ter uma viagem tranquila e sem dor de cabeça, é importante fazer uma organização alguns meses antes. Confira algumas dicas que separamos a seguir.

Você já decidiu o destino, comprou as passagens e está a poucos passos de ter uma experiência internacional incrível. É importante que, para que seja uma experiência inesquecível, seja feita uma organização com antecedência para evitar dores de cabeça durante sua viagem e, dessa forma, ir tranquilo para seu destino.

Confira a seguir 5 dicas para organizar sua viagem:

1) Pra onde você vai?

Pesquise, pesquise e pesquise! Decidir o destino foi o primeiro passo para sua aventura em outro país, mas agora vem o momento mais importante. Pesquise no Google sobre a cidade da qual irá ficar durante sua viagem.

Faça pesquisas sobre as comidas típicas do destino, quais são os transportes públicos disponíveis e quais são os melhores pontos turísticos da cidade e dos seus arredores. Ao fazer essa pesquisa, você se sentirá mais confortável para visitar o destino e será bem mais fácil fazer o seu roteiro de viagem. (Se você não tem tempo para realizar as pesquisas e já quer tudo pronto, a nossa parceira Trip Haus cuida de tudo isso para você)

Além disso, claro, essa pesquisa é importante pois você poderá entender melhor os costumes daquela cultura, o que ajuda muito e contribui para que você não faça algo que seja malvisto por lá.

Uma outra forma de conhecer melhor sobre a cultura é conversando com algum local. Com o avanço da internet temos diversos aplicativos e sites que possibilitam esse intercâmbio de culturas antes da viagem. Dentre eles podemos citar: Tandem Interpals.

2) Precisa de ajuda? A tecnologia está aí!

Estamos cada vez mais conectados com nossos smartphones, principalmente por termos a cada dia diferentes aplicativos e features que podem ser usados ao nosso favor no nosso cotidiano — e em nossas viagens.

Confira alguns aplicativos e considere instalá-los na sua viagem (ou antes, se quiser conhecê-los):

Google Translate

Ainda que não tenhamos chegado no futuro dos filmes em que nossa voz é traduzida automaticamente para a outra pessoa sem o uso de aplicativos, o Google Tradutor pode ser nosso aliado nas situações em que não sabemos como formular uma frase ou quando esquecemos uma palavra específica. Em poucos cliques você terá a tradução para o que você procura e poderá resolver a situação sem maiores problemas.

Disponível para: Android e iOS.

Foursquare

Não consegue deixar as redes sociais de lado? Então aqui vai mais uma.

O Foursquare é um “guia de cidades”, como o próprio site diz. O objetivo dessa rede social é fazer com que as pessoas tenham facilidade ao procurar por recomendações de onde comer ou onde fazer compras no destino em que elas estão, além de buscar comentários sobre um local específico.

Juntamente com o Foursquare, a empresa tem um outro aplicativo chamado Swarm, que é um registro de lugares que visitou durante suas viagens.

Os dois aplicativos estão disponíveis para Android e iOS.

Além desses aplicativos, a internet está repleta de opções para que você possa aproveitar e utilizar durante a sua viagem. Pense nos aplicativos que seriam úteis para você, faça uma pesquisa e aproveite!

3) O que você vai levar na mala?

Ao se aproximar da sua viagem, é necessário que você pense no que levará — e a gente sabe, essa tarefa pode ser difícil e durar alguns dias para se ter algo definido.

Para facilitar esse processo, leve em consideração o destino no qual você está indo. Será no inverno? Verão? Vai comprar roupa lá ou vai levar daqui?

Faça um checklist com todos os itens que considera necessários e reveja se realmente faz sentido levá-los. Divida em duas colunas: bagagem de mão e para despachar. Na bagagem de mão, dê prioridade aos itens que possivelmente terá que pegar durante o trajeto, como documentos, passagens, carregador do celular, remédios e livros.

4) Não se esqueça dos documentos

Muito mais importante do que roupa e eletrônicos, os documentos são peças imprescindíveis para que você não tenha dor de cabeça durante sua viagem. Eles irão garantir que você esteja na lei e estarão ao seu favor caso aconteça algo fora do previsto até para você conseguir embarcar no seu voo.

Portanto, antes da sua viagem, prepare toda a documentação necessária e deixe separado em um lugar que você saberá onde encontrar depois, de preferência todos juntos.

5) Prepare com antecedência o visto

Você verá que alguns documentos geralmente estão presentes em todas — ou quase todas — viagens internacionais. Além do passaporte, o visto é outro documento que é imprescindível para determinadas viagens e que deve ser preparado antecipadamente, evitando assim problemas futuros.

Se antes da pandemia essa antecedência já era importante, agora é necessária. Uma vez que as embaixadas estão com os processos acumulados por conta da pandemia do COVID-19, o retorno do visto pode demorar mais que o normal.

Por isso, separe um tempo alguns meses antes da sua viagem e já comece a dar entrada no seu visto. Isso te dará segurança e tranquilidade para seguir organizando a sua viagem.

Nós da YouVisa, estamos aqui para tornar esse processo mais rápido e fácil para você. Com vistos eletrônicos, de turismo, trabalho e estudos, estamos disponíveis 100% digital para que você não tenha dor de cabeça durante sua viagem.

Agora que você já sabe alguns passos para organizar sua viagem com antecedência, faça um checklist desses pontos e vá dando check sempre que terminar um. Você pode ter certeza que, ao viajar com esses passos feitos, sua viagem será excelente e tranquila, assim como deve ser.

O que você gostaria de ver aqui no blog sobre visto, viagem e curiosidades do mundo ? Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante para a gente!

Acompanhe a YouVisa:

No Instagram || No Facebook || No Twitter || No Site

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora